. : Notícias
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

60 anos de mediunidade - Divaldo e a diversidade de dons




Em 2007, os espíritas comemoram um aniversário muito importante, que são os 60 anos de atuação mediúnica do médium Divaldo Pereira Franco.

Destacamos aqui as palavras do Apóstolo Paulo em suas epístolas, ao referir-se à diversidade de dons de cada um, que muito faz lembrar a mediunidade de Divaldo, considerando a multiplicidade dos dons com que foi aquinhoado pela vida, produto naturalmente de suas aquisições e conquistas.

Com alegria e simplicidade ele fala, serve aos necessitados, educa, interpreta as necessidades e administra sua comunidade, fala línguas (xenoglossia), aconselha, ensina, profetiza, distribui donativos, faz curas, oferece palavras de fé, ciência e sabedoria, tem misericórdia, consegue discernir os Espíritos há mais de cinqüenta anos (os Espíritos Benfeitores e sofredores nas reuniões de desobsessão); e também atua na psicografia, psicofonia, dá entrevistas e oferece motivação a novos trabalhadores. Divaldo tem exatamente todos os diferentes dons propalados por Paulo, e ainda outros mais, e o Senhor é o mesmo e Deus que realiza tudo, disse o Apóstolo.

Citamos as epístolas de Paulo:

I Romanos, 12, 6 a 8:

6. Mas temos dons diferentes, conforme a graça concedida a cada um de nós. Quem tem o dom da profecia, deve exercê-lo de acordo com a fé;

7. se tem o dom do serviço, que o exerça servindo; se do ensino, que ensine;

8. se é de aconselhar, aconselhe; se é de distribuir donativos, faça-o com simplicidade; se é de presidir à comunidade, faça-o com zelo; se é de exercer misericórdia, faça-o com alegria.

I Coríntios, 12, 4 a 11:

4. Existem dons diferentes, mas o Espírito é o mesmo;

5. diferentes serviços, mas o Senhor é o mesmo;

6. diferentes modos de agir, mas é o mesmo Deus que realiza tudo em todos.

7. Cada um recebe o dom de manifestar o Espírito para a utilidade de todos.

8. A um, o Espírito dá a palavra de sabedoria; a outro, a palavra de ciência segundo o mesmo Espírito;

9. a outro, o mesmo Espírito dá a fé; a outro ainda, o único e mesmo Espírito concede o dom das curas;

10. a outro, o poder de fazer milagres; a outro, a profecia; a outro, o discernimento dos espíritos; a outro, o dom de falar em línguas; a outro ainda, o dom de as interpretar.

11. Mas é o único e mesmo Espírito quem realiza tudo isso, distribuindo os seus dons a cada um, conforme ele quer.

Nossos cumprimentos ao médium Divaldo, por todos os seus dons utilizados há sessenta anos a serviço do Bem, em benefício do Evangelho e do Espiritismo...

Washington Luiz Nogueira Fernandes

Fonte: Jornal Mundo Espírita - Maio/2007

 
     
 
 
 
. Últimas Notícias

 
 
 
Documento sem título