. : Notícias
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

Conferência no Teatro Municipal de Canela



Após exitosa tarefa em Minas Gerais, Divaldo Pereira Franco foi ao Rio Grande do Sul, para desenvolver atividades em quatro cidades, no período de 23 a 28 de agosto de 2016: Canela, Caxias do Sul, Porto Alegre e Novo Hamburgo.

Em Canela, onde veio pela primeira vez, o conferencista apresentou o tema: A consciência perante o mundo atual, no Teatro Municipal, sob patrocínio e organização da União Municipal Espírita de Canela/RS – UME-Canela, que integra quatro instituições espíritas: Sociedade Espírita Bezerra de Menezes,  União Espírita Francisco de Assis e  Sociedade de Estudos Espíritas Sementes do Evangelho, de Canela; e a Sociedade Espírita Esperança, de Gramado.

A mobilização fraternal dos organizadores e participantes do evento gerou o saldo de trezentos e cinquenta quilos de alimentos, doados ao Oásis Santa Ângela e ao Centro Social Padre Franco, de Canela e ao Lar de Idosos Maria de Nazaré, de Gramado. Também  foram coletados e doados ao Hospital de Caridade de Canela, cento e oitenta e uma resmas de papel sulfite.

Antes da conferência, Divaldo foi entrevistado pelos jornais Nova Época e Integração e pela Rádio Clube FM sobre a aceitação do Espiritismo no Exterior, seus aspectos filosófico, científico, ético/moral de consequência religiosa, a solidariedade que deve existir entre as criaturas humanas, os conflitos da atualidade, a necessidade de que cada indivíduo realize a sua transformação moral.

O público, de mais de seiscentas e cinquenta pessoas, foi estimulado a não desistir de sonhar, de se tornar útil e dedicado ao próximo. Divaldo Franco, finalizando, e elevando os sentimentos dos presentes, recitou o Poema da Gratidão, do Espírito Amélia Rodrigues.

Os aplausos foram demorados, calorosos e fortes. Na sequência, foi cantado pelo grupo musical a canção Paz Pela Paz, de Nando Cordel. O público entusiasmado cantou junto, em bonito coro. 

Paulo Salerno
Em 25.8.2016.

 
     
 
 
 
. Últimas Notícias

 
 
 
Documento sem título