. : Notícias
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

4º Movimento Você e a Paz - Amparo, São Paulo - 31.7.2016



Milhares de pessoas, ávidas por contribuir para o desenvolvimento de uma cultura de paz, reuniram-se na Praça Pádua Salles, para o 4° Encontro, na cidade de Amparo. 

A manhã ensolarada de 31 de julho de 2016 foi repleta de atividades, iniciando-se pela distribuição de 4.500 camisetas e diversos balões brancos ecológicos, simbolizando a vontade dos participantes em manifestar o desejo pela não violência.

Assinalaram presença no evento, os apoiadores Prefeitura Municipal de Amparo e Ypê [Química Amparo], essa representada na figura ilustríssima da Sra. Ana Maria Veroneze Beira, que agradeceu a todos pela união e cuidados na realização da infraestrutura necessária ao Movimento Você e a Paz.

Divaldo Franco honrou os participantes com reflexivas palavras sobre o tema, dizendo que mais do que nunca há a necessidade de paz. Mesmo com as conquistas tecnológicas e científicas, que deram conforto a alguns, não se conseguiu solucionar o problema da criatura humana, que prossegue agressiva, violenta e atormentada.

Propôs mudanças para este mundo de sofrimentos, alertando que modificações  só serão possíveis quando o ser humano se resolver pela transformação interior, colocando  em seu mundo íntimo a sagrada proposta da paz. Para tanto, não é necessário qualquer artifício: basta que se faça uma viagem para dentro de si mesmo, visando conhecer as necessidades reais da vida para melhor realizar a majestosa mensagem da conversão.

Eu vos desejo paz: foi com estas palavras inolvidáveis de Jesus, o maior personagem da História da Humanidade, que Divaldo acalentou e preparou os corações sedentos de pacificidade para esse dia glorioso, almejando que o sentimento fosse duradouro nos seres ali presentes.

Às 9h, deu-se início ao percurso pelas ruas da cidade, durante o qual Divaldo Franco brilhou em atos de alegria, união, empenho e vigor: exemplo da harmonia e da avença entre os seres humanos.

Cantos de Paz foram entoados ao longo do percurso, que durou cerca de uma hora.

Ao retornar à Praça, o grupo harmônico de caminhantes pôde ainda usufruir de apresentações do canil da guarda, capoeira, atividades com o Grupo de Escoteiros da cidade, distribuição de pipoca e algodão doce, brinquedos para as crianças e exposição de desenhos sobre a paz.

Foi oferecido, também, um espaço gratuito para corte de cabelo e pintura de unhas artísticas, além de orientações jurídicas para aqueles que as buscaram.

O Espaço Saúde oportunizou a aferição da pressão arterial, medição da glicemia e cálculo do IMC, entre outros.

Às 18 horas, iniciou a segunda parte do Movimento.

O Pastor José Lima, da Assembleia de Deus Ministério do Belém, de Amparo, comentou a Parábola do Bom Samaritano, reforçando a importância da  fraternidade para uma cultura de paz.

Dom Luiz Gonzaga Fechio, Bispo Diocesano de Amparo, abordou a globalização da indiferença entre os seres humanos e afirmou que o mundo vive momentos assustadores de violência. Para ele, o ser humano comove-se com a violência distante e se esquece da que ocorre em sua própria vida cotidiana. Citou palavras de ordem de paz do Papa Francisco. Mencionou a importância da compaixão, cantando em uníssono com a plateia a Oração de São Francisco.

Divaldo Pereira Franco, fundador do Movimento, falou da importância do amor entre as pessoas e mencionou a frase de Gandhi: Se um único homem atingir a plenitude do amor, neutralizará o ódio de milhões e o mundo estará salvo.

Ressaltou ainda, que não existe um caminho para paz, mas que a paz é o caminho. Referiu-se a Allan Kardec e reforçou a importância do amor para a paz, lembrando que esse se inicia com a educação moral no lar e  na tolerância entre os parceiros, que o  transferem para os filhos.

Para ilustrar, recontou a Lenda do Esconderijo Seguro, ditada pelo Espírito Selma Lagerlöf, entre outras interessantes histórias.

Finalizou sua mensagem com o Poema da Gratidão, do Espírito Amélia Rodrigues.

Houve ainda a apresentação do Musical América, com Jean William e Jazz Trio, com participação especial de Fafá de Belém. Instituições e trabalhadores que se empenham no ideal da Paz foram homenageados e reconhecidos com a recepção do Troféu Você e a Paz.

 Carlyne Paiva  e Equipe do Livro
de São Paulo.

Em 2.8.2016.

 
     
 
 
 
. Últimas Notícias

 
 
 
Documento sem título