. : Notícias
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

Palestra de Divaldo Pereira Franco no Tribunal de Justiça


Divaldo Franco, atendendo convite e com apoio do Desembargador Emílio Salomão Pinto Resedá, proferiu palestra na sede do Tribunal de Justiça do Estado da Bahia, na manhã de 14 de dezembro.

O auditório estava lotado por altos Membros da Magistratura, servidores do Poder Judiciário e convidados especiais. Recepcionado pelo Presidente do TJBA, Desembargador José Olegário Monção Caldas e demais membros do colegiado judiciário, Divaldo foi apresentado aos presentes pelo Des. Salomão Resedá, que destacou dados da extensa biografia do expositor espírita. Frisou que todos ali estavam para ouvir não a prata da casa, mas ouro ocasional.

Marcel Mariano, da Vara da Infância e Juventude, afirmou que qualquer homenagem que se possa prestar a Divaldo será sempre pequena. Destacou a presença do casal Marcelo e Andréa, da Flórida/EUA, e de Demétrio Lisboa, Presidente do Centro Espírita Caminho da Redenção.

Iniciando a sua exposição, Divaldo apresentou o pensamento filosófico de Cícero que dizia que a História é a pedra de toque que desgasta o erro e faz brilhar a verdade.

Discorreu, ainda, sobre o nascimento de Jesus, o maior personagem da História, que veio para mudar a estrutura moral da Terra.

Destacando a publicação de O Livro dos Espíritos, em 18 de abril de 1857, por Allan Kardec, Divaldo asseverou que o homem é a mais bela escultura da Humanidade.

Finalizando sua conferência, apresentou dados sobre o conhecimento científico da atualidade, desde o macro ao microcosmo, sem, contudo, ter logrado o homem alcançar a paz, a serenidade.

Aplaudidíssimo, foi procurado por inúmeros presentes para um cumprimento, um aperto de mão, felicitações.

Paulo Salerno.
Em 15.12.2015.

 
     
 
 
 
. Últimas Notícias

 
 
 
Documento sem título