. : Notícias
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

Divaldo Pereira Franco na Confederación Espiritista Argentina


O incansável e abnegado trabalhador da vinha do Senhor, Divaldo Pereira Franco foi recebido na Confederação Espírita Argentina, Rua Sánchez Bustamante, 463 – Ciudad Autónoma de Buenos Aires, com muito carinho.

Estava sendo ansiosamente aguardado por todos. Presentes, irmãos de diversas regiões da Argentina, como do Ushuaia, no Extremo Sul da Argentina, de Córdoba, Rosário, Baia Blanca, Mar del Plata, Mendonça, La Plata, e também do Uruguai,  Paraguai e  Brasil.

Em homenagem aos 50 anos de fundação da Institución Espírita Juana de Ángelis, representando os fundadores, Francisco Condoleo. O atual presidente, Gustavo Martinez, ao fazer uso da palavra, fez referências a Jesus, aos fundadores que se encontram na Pátria Espiritual, à mentora Joanna de Ângelis e ao querido Divaldo Franco.

Divaldo, relembrando os corações amigos que passaram nesses 50 anos, relatou a presença dos amigos que agora, do além-túmulo, na vida que prossegue em outra faixa vibratória, vêm trazer o seu carinho, neste momento especial.

Em sua brilhante abordagem dos fatos históricos, Divaldo destacou a trajetória do professor Hippolyte Léon Denizard Rivail que, em 18 abril de 1857, lançou O Livro dos Espíritos, iniciando a era do Espiritismo.

Referindo-se ao Papa Francisco, elogiou o grande missionário do amor, que descobre os irmãos invisíveis, buscando os que sofrem, um missionário que repudia o luxo, a abastança, despojado como Jesus Cristo. Prega e vive Jesus.

Educador de escol, Divaldo explanou sobre as provas científicas da existência de Deus, dando uma verdadeira aula de biologia, anatomia,  física,  química, matemática, astronomia e geologia. Conduziu a plateia para momentos de descontração com sua forma jovial, contando vivências próprias, dando um toque de humor e de leveza à conferência.

Desejou que todos descubram o amor, recordando que aquele que ama é feliz. Foi aplaudido efusivamente. Apesar do grande número de participantes, o clima era de muita harmonia, ternura e gratidão, evidenciando o valor da família espírita argentina, gentil, verdadeiros amigos, irmãos.

 Ênio Medeiros.
Em 9.10.2015.

 
     
 
 
 
. Últimas Notícias

 
 
 
Documento sem título