. : Notícias
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

O Pioneirismo de Divaldo Espiritismo na Mídia Nacional e Internacional




Outro aspecto que destacamos na folha de serviços do médium Divaldo Franco, em favor da difusão do Ideal Espírita é o fato de que ele tem levado o Espiritismo para a mídia, há 55 anos, atingindo maior quantidade de pessoas. Inicialmente ele começou com um programa radiofônico em Salvador/BA, em 1951 e 1952, aos domingos (10 h., depois às 18 h.), a Voz da Fraternidade, na Rádio Excelsior, depois Rádio Sociedade, primeiro 30 min. e depois 60 min. Isto faz com que ele se coloque como um dos pioneiros da radiofonia espírita no Brasil e no Mundo.

O Espiritismo completou seu centenário em 1957 e começou sua difusão pela radiofonia na década de 1930 (em França, no Brasil - Rio de Janeiro, em Pernambuco, na Capital de São Paulo e Interior -, em Cuba, na década de 1940 etc). Portanto, nos primeiros vinte anos em que começou a radiofonia espírita (1931-1951), o médium Divaldo marcou presença como um dos pioneiros e idealistas da radiofonia espírita, com um programa em Salvador, em 1951.

Se ele foi um dos primeiros a levar o Espiritismo ao rádio, foi também um dos primeiros ou o primeiro mesmo a levar o Espiritismo para a TV, em 1957, na TV Itacolomi, em Belo Horizonte/MG. Ele teve a colaboração do sr. Antônio Abreu e esposa, sra. Dolores Abreu, amiga da missionária dos hansenianos Eunice Weaver (1904-1969). Divaldo fez a palestra na antiga Secretaria de Serviço Social, ocasião que foi feita uma campanha da Igreja contra o acontecimento, porque era Semana Santa. A TV Itacolomi foi filmar sua palestra. Historicamente foi um fato marcante na divulgação espírita, pois pela primeira vez uma palestra espírita foi irradiada pela televisão, em 1957, e a partir daí ele não parou mais.

Hoje, em 2006, sabemos o quão difícil é encontrar espaço na mídia, sem dinheiro e virar notícia; imaginemos há quase sessenta anos!!!

Divaldo conquistou a Mídia
Seu idealismo não parou por aí pois, à medida que aumentava o número de suas viagens para palestras, no Brasil e no Mundo, ele continuou ininterruptamente a dar entrevistas, para o rádio e TV, no País e no Exterior. Só para registrar algumas entrevistas no Exterior, na década de 1960, esteve no Canal 9, Buenos Aires/Argentina (24/10/1963), por 30min.; em Neiva/Colômbia (27/10/1969), Rádio Cali, 20 min.; em Guaiaquil/Equador (04/10/1968), TV 5, 30 min.; em Lima/Peru, C 9 (24/10/1969), 90 min.

A partir da década de 1970 ele conquistou o Mundo e hoje seu curriculum é excepcional pois concedeu, em todo o Brasil, mais de 800 entrevistas, em mais de 135 cidades, para mais de 250 emissoras de TV e 174 emissoras de rádio. Fora do país (Américas, Europa, África e Oceania) foram mais de 81 localidades, onde concedeu cerca de 220 entrevistas, em mais de 91 emissoras de rádio e 71 de TV e por isso ele tem mais de 100 h. no ar, na mídia (rádio e TV) brasileira e internacional.

Merecem destaque as chamadas especiais da Rede Globo de Televisão que houve para o Seminário que ele fez em Pompano Beach/Flórida/EUA, abril/2004, para as palestras em Los Angeles/ Washington/ EUA, julho/1988 e Astoria/NY/EUA, março/2004. Há muito tempo são minimamente 70 entrevistas (rádio e TV) por ano, em toda a parte.

Merece atenção também as três entrevistas que ele deu para o programa Voz da América, em Washington/DC/EUA, que é a maior cadeia de rádio em lingua espânica (03/06/1987, 17/05/1990 e 27/05/1991) do Continente, totalizando mais de 3 h. divulgando a Doutrina de Allan Kardec pelo rádio.

Parabenizamos o médium Divaldo pela sua perseverança e idealismo em transmitir a mensagem espírita a toda gente, de toda a forma, no Brasil e no Exterior e Salve o Espiritismo!!!...

Washington Luiz Nogueira Fernandes

Fonte: Jornal Mundo Espírita - Novembro/2006

 
     
 
 
 
. Últimas Notícias

 
 
 
Documento sem título