. : Mensagens
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

Compromissos para com a vida


Todos os seres nascemos e renascemos assinalados pelo compromisso do progresso. Sair da sombra na direção da luz para inebriar-se é o impositivo básico da existência em qualquer nível no qual se manifeste.

Quando diz respeito ao ser humano o processo evolutivo impõe a necessidade de crescimento íntimo, faculta a conquista do divino que lhe jaz no íntimo.

À medida que evolve mais responsabilidades lhe cabem, assumindo compromissos relevantes que mais rapidamente propiciam o crescimento para a condição de Espírito puro.

Esses compromissos dizem respeito à superação das imposições negativas que o vitimaram e assinalam-no com provas severas ou expiações penosas.

Sob outro aspecto, apresentam-se como condição de incompletude, de frustração ou tormentos inomináveis, que devoram silenciosa ou discretamente aqueles que se permitiram desaires.

Todos renascem, portanto, sob leis severas que estabelecem o cumprimento de algumas regras educativas para frear as falhas do caráter e as imperfeições morais.

Algumas dessas reencarnações são programadas com carinho e cuidados especiais, tendo em vista as graves experiências anteriormente vivenciadas.

Crimes hediondos e reabilitações dolorosas preparam o Espírito para empreendimentos de alta significação em favor de si mesmos, assim como da sociedade.

Aceita a tarefa e recebida a instrumentação para o desempenho do labor retornam ao proscênio terrestre com júbilos e expectativas de alto coturno. Envolvidos pela carne e as suas heranças dos instintos, também voltam as tendências mórbidas que devem ser superadas, a fim de haver campo mental para a sintonia com o Mais Alto.

A  embriaguez dos sentidos, a utopia dos prazeres, a necessidade da fruição do gozo alojam-se nos refolhos do ser e afastam-no das responsabilidades de maneira hábil e segura.

O encantamento inicial é substituído pelo tédio, o entusiasmo dos primeiros dias cede lugar a experiências mais palpitantes. Urge o desligamento mental, emocional para culminar no de natureza física com o definitivo afastamento das atividades que deveria abraçar com devotamento.

Nesse comemos, adversários desencarnados soezes, que permaneceram na retaguarda espiritual, acercam-se-lhes e os envolvem através de bem urdida hipnose até conseguirem alcançar a meta, que é o fracasso.

Não são poucos aqueles que, reencarnados, estão comprometidos com a vida, que fracassam lamentavelmente.

A vida, em si mesma, é severa e nada passa despercebido pelos seus controladores, que insistem na preservação dos compromissos e sua realização até o momento em que deixam por própria conta o calceta.

Não existe liberdade no arbítrio de cada um, como se gostaria. Os limites são deveres inadiáveis que não devem ser interrompidos a bel-prazer.

Tem cuidado e desperta do letargo que te está tomando as aspirações.Tudo tem preço, especialmente o prazer.

*

Disciplina a vontade, a fim de treinares renúncia, em pequenas doses, de modo que alcances mais alto nível de abnegação e devotamento ao bem.

Seleciona os teus compromissos para executar aqueles que são de natureza eterna.

Não te isoles no teu narcisismo enganoso. Nessa atitude desvelas soberba e agressividade reprimida.

O próximo te necessita de igual maneira que dele precisas.

A solidão é má conselheira e quando buscas as companhias, somente aquelas que comprazem, que te promovem, desperta do engodo e volta à realidade.

Fixa-te nos propósitos imortalistas e torna-te simples, de fácil acesso.

Não te julgues inatingível. Todos têm os seus pontos fracos, a sua vulnerabilidade.

Desce do falso pedestal e considera que o futuro, mesmo o melhor planejado, é imprevisível.

Retempera o ânimo e medita nas razões que te atraíram para o bem.

Não esqueças que os teus Amigos providenciaram-te facilidades, que as podem retirar sem o menor esforço.

Os compromissos para com a vida são múltiplos, não apenas para fruição do gozo, mas também para o sacrifício pessoal, para a fraternidade.

Examina a tua folha de serviço na esteira das oportunidades e começa enquanto é tempo.

Por mais agradáveis que sejam os prazeres do corpo, sempre deixam um ressaibo de querer-se mais.

Ninguém te deseja impedir de fruir os gozos compatíveis com as tuas aspirações.

Recorda, porém, que muitas inibições, dificuldades ora resolvidas, têm origem no abuso de ontem, que deves cuidar, evitando consequências mais graves para o futuro.

Vive, portanto, em paz de consciência e evita-lhe a anestesia, porque a verdade sempre retoma, muitas vezes em forma de culpa.

Quebra o ritmo negativo das tuas paixões e começa novas experiências iluminativas.

Pensa em termos de imortalidade, mesmo na transitoriedade carnal.

No encontro de Jesus com o moço rico que ia disputar a corrida em Cesareia, o Mestre lhe disse, enfático:  Vem hoje!

Ele pediu para postergar a entrega para após os jogos próximos e rico de juventude partiu para a desencarnação na festa do dia seguinte, havendo perdido a excelente oportunidade de O seguir naquele momento.

Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Pereira Franco,
na reunião de 31 de outubro de 2016 no
Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, Bahia.

 
     
 
 
 
. Últimas Mensagens

 
 
 
Documento sem título