. : Mensagens
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

O ser humano


Inúmeros estudiosos do ser humano asseveram que ele é constituído, sob o ponto de vista psicológico, por cinco características: personalidade, conhecimento, identificação, consciência e individualidade.

À medida que desenvolve os valores intelecto-morais, aprimora-se, enriquece-se de beleza e de harmonia. Em luta constante, porém, a personalidade tenta manter-se dominadora, permitindo-se violar todas as regras estabelecidas para o equilíbrio da sociedade, em favor da sua autorrealização.

Portadora da sombra que se assenhoreia das outras faculdades, conduz o indivíduo para os desvãos do crime de toda ordem, sobrepondo-se aos demais, embora conhecendo as deficiências morais.

O processo de evolução, no entanto, trabalha para que haja a superação do ego e a perfeita identificação com o self, o que significa controle ideal de todas as suas possibilidades em favor da individualidade, que é o Espírito imortal.

Quando o ser identifica-se como imperecível, empenha-se por libertar-se das paixões primárias e esforça-se para conquistar os valiosos recursos do amor e da abnegação, optando pelo bem-estar que favorece o desenvolvimento ético-moral da Humanidade. Enquanto permanece vinculado às ideologias materialistas, com algumas exceções, entrega-se aos desvarios para viver o prazer até a exaustão, tudo fazendo para o aprisionamento na posse e nos frutos espúrios que lhe advêm, especialmente quando essa aquisição é conseguida mediante a ilicitude, a corrupção e o vício.

Nunca será demasiado afirmar que o ser humano tem necessidade urgente de desenvolver o sentimento do amor, superar os instintos básicos, utilizando-os por necessidade, porém, mantendo os ideais que favorecem a conquista da consciência cósmica, a que deverá viger no futuro, quando o bem triunfar entre as criaturas.

Divaldo Pereira Franco.
Artigo publicado no Jornal A Tarde,
 coluna Opinião, em 3.12.2015.
Em 7.6.2016.

 
     
 
 
 
. Últimas Mensagens

 
 
 
Documento sem título