. : Mensagens
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

Rei Solar


Após a trágica morte de Júlio César, assassinado na escadaria do Senado em Roma, nos idos de março de 44 a.C., por Brutus e os inimigos que lhe tramaram a ocorrência nefasta, o segundo triunvirato constituído por Marco Antônio, Otávio e Lépido, embora as inimizades que vigiam entre os mesmos, predispôs-se a equilibrar as forças do Império sacudidas pelas agressões contínuas que irrompiam de todo lado...

 

Depois do triunfo de Otávio sobre Marco Antônio e Cleópatra no Egito, o vitorioso retornou à capital imperial coroado de glórias e assumindo a governança na condição de novo César, como imperador.

 

Anteriormente, Lépido fora mandado ao exílio distante de Roma, a fim de que não oferecesse qualquer perigo em relação à coroa...

 

Otávio, utilizando-se do amor à pátria e dos recursos provenientes do seu caráter severo e da sua moral austera, lentamente alterou as diretrizes até então vigentes, estimulando as artes, os esportes, a arquitetura e as leis de justiça, facultando um período inabitual de paz na grandiosa potência que dominava quase três quartas partes do mundo conhecido...

 

Tantas glórias eram motivo de surpresa, considerando-se a belicosidade então dominante no mundo. Entretanto, essa ocorrência derivava-se da aproximação de sublimes hostes espirituais que se acercavam do planeta, modificando-lhe a  psicosfera, a fim de prepararem o momento em que Jesus, o Rei Solar, mergulharia nas suas sombras para alterar por definitivo a história da Humanidade.

 

Os carros de guerra e as legiões de soldados voluptuosos e sanguessedentos cederam lugar aos instrumentos de construção da paz e de amanho do solo, propiciando um período diferente em relação a todos os anteriores repletos de beligerância e de crueldade.

 

O berço de Jesus tornou-se o divisor dos tempos, inaugurando especial cultura e singular civilização que deveriam trocar os instrumentos de escravidão e de morte pelos recursos de inefável bem.

 

Ficariam para trás, na memória dos lamentáveis fastos da História, as batalhas hediondas, as carnificinas brutais, as destruições de aldeias, povoados e cidades vencidos, assim como dos seus habitantes infelizes...

 

Surgia um período de paz, que ficaria assinalado pelo amor e pela dedicação ao próximo, seguido pelo holocausto das vítimas que se entregariam felizes em favor da instalação da nova Era.

Porque ainda, no entanto, predominassem os instintos de violência e de primitivismo na sociedade, depois que Ele implantou as bases de um novo tempo distante do poder mentiroso de César e da força bruta das legiões, ressurgiram os algozes da sociedade, dando prosseguimento às trágicas façanhas de destruição, do crime e do horror até quando o cansaço dos réprobos e o seu sofrimento reclamarem pela paz e pela renovação espiritual...

 

É o que ocorre nestes tormentosos dias da sociedade...

 

Dois mil anos da sementeira de Jesus se passaram e ainda é escassa a colheita de bênçãos.

*   *   *

Nunca mais, porém, desde aqueles momentosos dias em que Ele desceu à Terra na condição de Rei Solar, o desconhecimento da Verdade vigeu nos corações e nas mentes.

 

A incomparável sinfonia das bem-aventuranças assinalou o ápice da Sua presença, alterando por definitivo os códigos vigentes então, embora ainda hoje não vivenciados quanto seria de esperar-se.

 

Os atos por Ele praticados e as incomparáveis parábolas por Ele narradas, nas quais vestiu o Seu luminoso pensamento, tornaram-se culminantes na história do planeta terrestre, como o mais grandioso legado capaz de libertar os seres humanos das tormentosas paixões nas quais estorcegam.

 

Sua sublime compaixão e Sua ímpar capacidade de perdão tornaram-se os mais eficazes processos psicoterapêuticos para curar as enfermidades morais e espirituais que dilaceram as criaturas e as degradam...

 

Jesus é o marco vigoroso de um novo começo.

 

Nunca antes ou depois dEle algo havia sucedido ou se dará igual: a glória do bem fazer!

 

Ainda há muito pranto no mundo e multiplicam-se as ocorrências e as ameaças de hórridos crimes e de infortúnios de fora como no íntimo dos seres humanos. Nada obstante, as soluções já se encontram ao alcance de todos quantos anelam pela paz e pela plenitude.

 

Jesus é o roteiro de segurança, único, aliás, que se pode seguir sem vacilações.

 

Toda a Sua vida, Seus exemplos, Seus testemunhos de amor demonstram-Lhe a grandeza de excelente Filho de Deus, que nos veio ensinar a viver em alegria, construindo a felicidade mediante o dever retamente cumprido e a vivência do amor sem jaça.

 

A Sua voz alcança a acústica de todos os corações que se detenham a ouvi-lO.

Voz alguma que se Lhe equipare.

*   *   *

Diante da atual paisagem humana assinalada pelo desar e pelo vazio existencial, pela violência e pelo mergulho no paul das paixões dissolventes, a evocação do nascimento de Jesus modifica a psicosfera morbífica dominante no momento, e as vozes dos Céus novamente cantam os hinos de louvor e de gratidão a Deus pela presença de Jesus no mundo.

 

Celebra o Seu Natal com paz no coração e programações de amor nas tuas atividades.

 

Aproveita as doces vibrações que dominam a Terra e faze-te súdito dedicado do Rei Solar, cooperando com Ele na instalação definitiva da era de paz e de amor por que todos anelam.

 

Joanna de Angelis.

Psicografia de Divaldo Pereira Franco, na sessão mediúnica de 22 de setembro de 2010, no Centro Espírita Caminho da Redenção, em Salvador, BA.

Em 24.01.2011.

 

 
     
 
 
 
. Últimas Mensagens

 
 
 
Documento sem título