. : Mensagens
busca por notícias/mensagens
 
 
 
 

Viver Jesus... a única alternativa


Meus filhos,

 

Já não vos digo amanhã. O Evangelho do Senhor conclama-nos: Eia, agora!

Agora é o santo momento de ajudar.

Arregacemos as mangas da camisa da alma e sirvamos, sem cansaço, sem fastio.

Assumimos um compromisso, antes do berço, que é o de restaurar, na Terra sofrida, o Reino dos Céus, conforme preconizado por Jesus.

Muitas vezes, em nosso passado, fizemos parte dos heróis. da Era Nova, sem que tivéssemos tido forças para porfiar até o fim e debandamos.

Volvemos, mais de uma vez, à Seara libertadora e, por razões do egoísmo e da insânia que nos atrelavam a um instinto perverso, falhamos em nossos compromissos iluminativos.

Ouvimos o verbo quente e doce do pobrezinho de Assis, encaminhando-nos a Jesus e, tão logo ele retornou ao Reino, edificamos monumentos de pedras adornados de ouro, longe dos leprosos de Rivotorto e dos pobrezinhos a quem ele tanto amava, traindo-lhe a confiança.

Com Allan Kardec aprendemos o amor racional e deslumbramo-nos com a Doutrina firmada na Ciência e na Razão.

A nossa atitude não pode ser decepcionante. Temos compromisso com a Verdade, de cujo conteúdo conseguimos insculpir, no íntimo, algumas das expressões mais belas.

Outra alternativa não existe senão, meus filhos, viver Jesus, neste momento de Mamon, neste momento de loucura e de constrições perturbadoras.

Nós, os Espíritos espíritas, que mourejamos na seara da Revelação Kardequiana, estamos de pé, como vós outros, para juntos entoarmos o hino de exaltação à vida, enquanto as mãos operam na caridade que dignifica através do amor que santifica as vidas.

Prossegui! Mantende-vos coerentes com as lições que vos empolgam a alma e deixai que o Senhor da vida vos conduza, com segurança, ao sublime destino da plenitude.

São os nossos votos.

Vossos amigos espirituais, que me fizeram intérprete do seu pensamento, afagam-vos com delicadeza e afetividade.

Ide em paz! Tomai da charrua e porfiai com abnegação!

São os votos do servidor humílimo e paternal de sempre,

 

Bezerra

Mensagem psicofônica recebida pelo médium Divaldo Pereira Franco, na manhã de 27 de dezembro de 2009, na sede da Federação Espírita do Paraná, por ocasião do encerramento do Encontro com conselheiros e diretores da FEP.

Em 12.02.2010.

 
     
 
 
 
. Últimas Mensagens

 
 
 
Documento sem título